Cachola

“Seu viadinho de merda”

O brasileiro é uma grande banana do Governo

O brasileiro é uma grande banana do Governo

As vezes me pego perguntando quais sãos os critérios de normalidade. Parece que o brasileiro está acostumado a uma segurança, educação, saúde, políticas sociais e economia de má qualidade. Pela décima primeira vez fui assaltado na cidade de São Paulo, na última terça-feira, 30 de julho. Alguns amigos e colegas ainda não se cansaram de dizer que eu dou brecha para que esse tipo de situação, outros já dizem que preciso me benzer, amarrar fita vermelha, andar com um galho de arruda ou até mesmo ir à igreja. “Nossa Nelson, você precisa acreditar em Deus, por isso você é todo cagado para essas coisas”, ouço de muitos, inclusive dos meus pais.

Mas, não acredito que seja responsabilidade de Deus esse meu Karma em ser assaltado. Tampouco acredito que seja falta de atenção de minha parte andar às duas horas da manhã, de uma terça-feira, pela Rua Frei Caneca, depois de cortar o cabelo no Retrô, Rua Augusta, tomar uma cerveja com um amigo no Bar Volt, na Rua Bela Vista, e depois seguir em direção a um hotel, na Rua Frei Caneca, para dormir e ir trabalhar na manhã seguinte.

Fico preocupado é o quanto as pessoas acham normal um grupo de três rapazes (bem vestidos) abordarem alguém que caminha sozinho, empurrá-lo para o meio da rua e aos chutes e palavrões como “seu viadinho de merda”, “cala a boca, se não corto tua cara, seu boiola” e “tá no Frei dando o cu no meio da semana, viado de merda” (e atenção! Levei estes xingamentos só pelo motivo de estar na Rua Frei Caneca, point gay de São Paulo) me levarem tudo o que tinha na bolsa.

Não é falta de atenção da minha parte, tampouco culpa de Deus que me julga por não acreditar tanto assim nele, ou também por eu não carregar um maço de uma planta que cheira mal. Essa “normalidade” de ser assaltado em pleno centro econômico da maior cidade do País é culpa de uma má gestão governamental, que não é só do atual governo (para não dizerem que sou contra tal partido). Quanto dos nossos impostos são direcionados para saúde, segurança pública, educação, social, transporte? Aliás, esses números são fáceis de serem encontrados no site da prefeitura da cidade. O orçamento total da Prefeitura de São Paulo para 2013 é de R$ 43 bilhões.

Acredito, então, que a pergunta que deve ser feita é outra: “quanto realmente do dinheiro destinado às secretarias são aplicados e retornados para a população e o quanto é embolsado?”.Enquanto não temos a resposta, vou comprar minha terceira câmera fotográfica, meu terceiro celular, minha segunda bolsa e tirar novamente meus documentos, somente neste ano.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s