Subversão, Vejo

Confira a entrevista de quem está por trás de Flerte, curta que faz parte do 22º Festival Mix Brasil

O 22º Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade está quase com a bilheteria aberta, como o Blog noticiou. Entre as diversas produções nacionais e internacionais está o curta Flerte, que tem uma história pra lá de picante e… vou deixar Marcio Rosário, produtor; e Hsu Chien, diretor do curta falarem um pouco do trabalho.

                + Filme de Xavier Dolan está confirmado no Festival Mix Brasil

O curta fala sobre dois temas que estão bastante presente na noite pintosa, encontros casuais e imprudência. A história se passa em uma noite, onde dois homens se encontram em uma balada quando um convida o outro para sua casa. Após sexo intenso o visitante se revela quem ele realmente é as suas intenções. Tenso não? “Sim, porquê são imagens que chocam e que seduzem o espectador”, conta Hsu que completa dizendo que a proposta do filme é dizer “a verdade nua e crua do que seria um encontro sexual que termina mal, muito mal”.

6 - 10368588_10152113856348017_212786803_o

Flerte também está concorrendo em outros festivais, revela o produtor Marcio. “Estamos felizes de fazer parte este ano do Mix Brasil, um festival super importante e renomado. Nosso Flerte tem tido uma carreira muito boa, já entrou em vários festivais tradicionais no exterior e no Brasil como, por exemplo, o Pink Latino, em Toronto, no Canadá; no Festival Internacional da Romênia; e no Los Angeles Brazilian Film, nos Estados Unidos”, conta Marcio.

Mas como é produzir uma obra com temática LGBT, custa caro encontrar financiamento?  Marcio diz que Flerte foi produzido com o próprio dinheiro do diretor, “tem sido um investimento para o futuro pois sempre acreditamos na carreira que o filme poderia ter”, ele também diz que “infelizmente, o apoio cultural e investimento para Flerte ainda não contam com grandes patrocinadores como apoiadores culturais, mas acho que com o tempo os anunciantes irão descobri o grande potencial que esses filmes podem render como já acontece nos países da América do Norte e Europa”.

7 - 10381211_10152113855368017_606864773_o

Portas abertas
O ano de 2014 foi bastante produtivo quando o assunto é a produção de filmes com temática LGBT. Temos entre eles A Praia do Futuro, estrelando Wagner Moura no papel principal, e o super premiado e indicado ao Oscar Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro.  “Sem dúvida o filme do Daniel, produzido pela Diana Almeira, além de ter uma qualidade ótima, tem uma linda carreira nacional e internacional fazendo co que os temas LGBTs acabem ganhando mais visibilidade no mainstream, pois conseguiram agradar o publico do cinema e não apenas o grupo das minorias”, reflete Marcio. Assista o teaser:

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s