Subversão

Revista online para meninas debate cultura feminista e LGBT

Para quem não conhece, a Reversa Magazine é um portal de conteúdo focado na cultura lésbica. Um portal que vale a pena ficar atento; cheio de entrevistas e reportagens feito de garotas, que gostam de garotas, para todo mundo que tem o interesse de conhecer melhor a produção cultural não só do feminismo, mas também do universo lésbico. Este ano, elas comemoram um aninho online, e farão um encontro, no próximo sábado, para debater como anda esta produção no Brasil.

Batizado de Hoje Acordei Reversa, o encontro na galeria Estúdio Lâmina em São Paulo terá a participação da fotógrafa Maria Bitten; que expõe no mesmo local as obras de Todas as Sombras; e a escritora Bruna Escaleira, autora do livro de poesia Entranhamento.

Marina também é fundadora do coletivo Rua Nua, que nesse ano, conseguiu fazer com que a Polícia Federal e a Embaixada Brasileira não permitissem a entrada no país do professor Julian Blanc, norte-americano conhecido na mídia por sua apologia machista. Já Bruna faz parte do coletivo de mulheres Circular de Poesia Livre, que discute e dissemina arte com temáticas de gênero, sexualidade e sexo, além de organizar o Sarau das Mulheres Livres.

A mediação do bate-papo está por conta da publisher da Reversa Magazine Maira Reis que, ao Blog, falou sobre um pouco sobre a publicação e também o encontro.

“O Reversa começou porque eu queria monitorar toda a produção cultural feita por e para lésbicas e, consequentemente, para mulheres do Brasil e do mundo. Trata-se de uma tarefa difícil, pois se você pensar que produzimos conteúdo que vai de música a artes plásticas e visuais, passando pelo cinema, quadrinhos, eventos e até viagens que têm foco na cultura, vemos que é muita coisa, muito trabalho e muita seleção para um site de notícias que escolhe somente uma pauta diária, publicada de segunda a sexta-feira. Nesse primeiro ano, conseguimos apresentar para o nosso público bons trabalhos, excelentes artistas e textos. Dessa forma, reportamos notícias para uma área super carente de investimentos [a cultura], mas na qual temos, cada vez mais, artistas com trabalhos de ponta, que discutem o mundo das mulheres e garotas de uma forma super interessante, saudável e positiva.  Além de tudo isso, o público LGBT hoje tem um veículo que vai muito além de mostrar só que as pessoas fazem entre quatro paredes. Nosso objetivo é divulgar as manifestações socioculturais que refletem o nosso dia a dia e a nossa sexualidade.”

Serviço
Hoje Acordei Reversa
Estúdio Lâmina

Avenida São João, 108 – São Paulo
Dia 13 de dezembro
A partir dás 17h
Entrada Franca

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s