Cachola

Malcomportado, descontrolado, indefinido, indisciplinado e rebelde

Quando criança eu acompanhava meus pais a ida ao supermercado; adorava fazer de conta que o carrinho de compras era uma nave espacial que eu pilotava. Depois de anos sem os acompanhar às compras, na última semana descobri que ainda (aos 24 anos) tenho a mania de fazer barulho, com a boca, de motor por propulsão enquanto empurro o carrinho e que sou malcomportado, descontrolado indefinido, volumoso e rebelde.

Foi quando aterrissava minha nave no corredor de cosméticos e, minha mãe e eu, começamos a buscar um xampu para meus cachos.

Quando comecei buscar os produtos que propõem valorizar o volume das madeixas eu simplesmente me deparei com marcas que propõem que minha herança genética é malcomportada, descontrolada, volumosa (ocupo tanto o lugar alheio?) e indefinido.

Não fotografei as marcas nas prateleiras, pois meu celular estava sem bateria. Mas, cheguei em casa e fui dar uma googada e compartilho as imagens dos produtos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Enquanto os cachos precisam “manter a linha”, as marcas oferecem “mais brilho”, “mais hidratação”, “menos frizz” para os cabelos “naturalmente lisos, comportados, definidos, controlados e não rebeldes.

Lido com o alisamento químico dos cabelos alheios como uma opção. Desde que ela seja uma escolha consciente e não uma reação de uma sociedade preconceituosa e racista que te impôs ou cortar ou botar formol apenas para você ser aceito por um grupo social.

Durante minha pré-adolescência cheguei alisar meu cabelo por duas vezes. Hoje entendo o motivo. Eu era excluído por não ser definidamente o branco, de cabelos lisos que qualquer gelzinho faria aquele topete super na moda dos anos 1990; também era excluído das rodinhas de conversas por não ser definidamente macho. Sim, eu era uma criança viada; acho que ainda sou (risos).

Eu poderia, aqui, discursar sobre o quanto o Mercado e a nossa forma de Economia nos empurra modos comportamentais de forma que, por vezes, nem percebemos. Acredito que as imagens já falam por si.

Vivemos em uma comunidade discursiva. Reproduzimos discursos quase que sem argumentar e problematizá-los. O que é bastante perigoso. Assim, em pequenos detalhes de uma embalagem de produto de beleza nos é empurrado goela abaixo como um determinado grupo deve ser tratado, visto e posto na sociedade.

Saí bastante chateado do corredor de xampu com minha nave espacial e fui viajar no setor de bebidas, onde era recebido pela bunda e peitos da Verão.

Anúncios
Padrão

2 comentários sobre “Malcomportado, descontrolado, indefinido, indisciplinado e rebelde

    • Olá Taís, tudo bem?

      Muito obrigado por comentar. Gosto quando as pessoas comentam meus posts.

      Acredito que você deve ler novamente o texto, de preferência com maior atenção o penúltimo parágrafo em que afirmo: “Assim, em pequenos detalhes de uma embalagem de produto de beleza nos é empurrado goela abaixo como um determinado grupo deve ser tratado, visto e posto na sociedade.”

      Então, em seguida, falo da propaganda; que você mesmo diz: “machista” da cerveja.

      Veja bem, estou fazendo uma conexão sobre os preconceitos firmados pela Economia entre entre dois temas: racismo e machismo; ao descrever a Verão apenas pelos seios e nádegas.

      Obrigado pela atenção.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s