Bandeira

Em dois dias a esquerda paulistana poderá provar que ainda há esperança no diálogo entre si

haddad-e-erundina

Luiza Erundina (PSOL) e Fernando Haddad (PT) – Reprodução

Quando a candidatura de Luiza Erundina foi publicada muitos narizes foram torcidos, o meu também. “Mas por qual motivo tanta ressalvas à candidatura de Luiza Erundina para a Prefeitura de São Paulo?”, uma colega do trabalho me perguntava. Na época eu afirmava: a esquerda como um todo sai perdendo e mais do que a esquerda, a população sai perdendo. Ela deveria ser candidata para o Legislativo, não para o Executivo.

Antes de continuar este texto, quero deixar bem claro que o PSOL assim como qualquer outro partido tem seu direito, e este direito deve ser preservado, de colocar quem quiser na disputa política. Logo, respeito a candidatura da Luiza Erundina.

Voltando para o texto.

Historicamente a Cidade de São Paulo não reelege prefeitas/os de partidos de esquerda. Em nossa trajetória, só tivemos três eleitos: Luiza Erundina, pelo PT em 1989; Marta Suplicy, também pelo PT em 2001; e então Fernando Haddad, também pelo PT em 2013.

Cada um/a com sua história, não podemos deixar de levar em consideração o que Erundina e Haddad fizeram pela cidade, cada um dentro dos seus contextos e limites do seu tempo. Marta Suplicy é a única neste grupo que demonstra uma incoerência ideológica grotesca que não merece, aqui, uma reflexão mais profunda. Prova disso é sua queda exponencial nas pesquisas para as eleições que ocorrem no próximo domingo (2).

São Paulo não é a locomotiva do Brasil. São Paulo é a locomotiva do capital. O neoliberalismo, o capitalismo grosseiro e cancerígeno se dão aqui. A Avenida Paulista talvez seja o símbolo no concreto dessa locomotiva.

Quando Quilherme Wisknik publica na Folha de S. Paulo que “o Brasil precisa que o PT tenha oposições qualificadas à esquerda, como a do PSOL” ele está bastante correto, como também está ainda mais certeiro em afirmar o quanto é inacreditável que “logo após [o País] sofrer um escandaloso golpe parlamentar, os partidos de esquerda no país não consigam se unir minimamente e que a candidatura de Fernando Haddad – a mais progressista que tivemos nas últimas décadas – sofra as consequências disso”.

Alguém já se perguntou o quanto o PSOL poderia ser extremamente importante para a população e para as/os paulistanas/os se investissem na ocupação da Câmara dos Vereadores de São Paulo?

Para quem não sabe, e o PSOL sabe disso assim como muitos partidos sérios de Esquerda, a Câmara paulista está infestada pela cancerígena bancada evangélica. Atualmente, sob a iluminação de um duvidoso Deus, são eles quem decide as pautas da Casa do Povo.

A Câmara dos Vereadores de São Paulo, e não duvido que muitas outras pelo País, gritam por socorro.

Existem muitos nomes políticos à esquerda que não precisam de tanto investimento financeiros para ser eleitos. Erundina, no PSOL, seria um desses nomes. O peso histórico e político dela poderiam mudar rumos na Câmara, o PSOL poderia continuar fazendo sua valiosa oposição à esquerda desde esta instituição sem perder o mais caro, o diálogo.

Nos últimos dois dias comecei a observar, na rua e nas redes sociais digitais, um importante movimento dos eleitores do PSOL em compreender a importância de votar em Fernando Haddad (PT) para prefeito de São Paulo e ao mesmo tempo manter seus votos no partido e nos candidatos do PSOL para a câmara dos vereadores.

Há candidatos do PSOL para o Legislativo bastante competentes e que não tenho dúvida que farão um trabalho exemplar na Câmara, mesmo não votando neles, tenho certeza de tem seu eleitorado e poderemos tê-los para um diálogos produtivos e juntos nesta trincheira na luta pela promoção e proteção dos Direitos Humanos e Cidadania dos mais vulneráveis e precários da nossa Cidade.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s