O País de infantis

"O Brasil oscila. Dá sinais de uma modernidade, de uma natureza que é real, nossa. É o Brasil de dentro. As pessoas são lindas, encantadoras. E de repente recua quilômetros e dá uma topada feia. Sai do paraíso para o inferno, do inferno para o paraíso em tudo: política, religião, amor, preconceito. Temos essa coisa muito estremada, muito perdida ainda. Acho que é um pouco infantil. Somos curumins." Diz Maria Bethânia à Folha de S. Paulo.

Você gosta de Romero? Olha o absurdo!

“A sua obra [de Romero] é ‘fast food’ das artes plásticas. A massa consome com mais facilidade gatinhos multicoloridos, assim como há mais consumidores de cachaça, comparado com quem aprecia um Romanée Conti”.

PARA FOLHA DE S. PAULO, NINGUÉM DEVE SER DISCRIMINADO

Em um ano em que o Brasil é sede da Copa do Mundo e elege seu novo comandante, a Folha de S. Paulo, um dos principais jornais do País, resolveu publicar nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, no caderno “Poder”, o que o jornal pensa sobre diversos assuntos da sociedade brasileira. Com o título “O que… Continue lendo PARA FOLHA DE S. PAULO, NINGUÉM DEVE SER DISCRIMINADO