Em dois dias a esquerda paulistana poderá provar que ainda há esperança no diálogo entre si

Quando a candidatura de Luiza Erundina foi publicada muitos narizes foram torcidos, o meu também. “Mas por qual motivo tanta ressalvas à candidatura de Luiza Erundina para a Prefeitura de São Paulo?”, uma colega do trabalho me perguntava. Na época eu afirmava: a esquerda como um todo sai perdendo e mais do que a esquerda,… Continue lendo Em dois dias a esquerda paulistana poderá provar que ainda há esperança no diálogo entre si

Anúncios

O País de infantis

"O Brasil oscila. Dá sinais de uma modernidade, de uma natureza que é real, nossa. É o Brasil de dentro. As pessoas são lindas, encantadoras. E de repente recua quilômetros e dá uma topada feia. Sai do paraíso para o inferno, do inferno para o paraíso em tudo: política, religião, amor, preconceito. Temos essa coisa muito estremada, muito perdida ainda. Acho que é um pouco infantil. Somos curumins." Diz Maria Bethânia à Folha de S. Paulo.

Reconhecendo a carniça pelo cheiro

“O boticário acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha ?Casais?, que estreou na TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito a sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor ? independente de idade, raça, gênero ou orientação sexual”.