A rola do Boechat e suas questões

Na tarde da última sexta-feira, 19, minha linha do tempo no Facebook – e a de muitos – é tomada pela nova célebre frase do jornalismo opinativo: “vá procurar uma rola”. Frase saborosa que saiu das papilas gustativas do jornalista Boechat ao pastor de pouca rola pra procurar Malafaia. Ora, não foi de assustar que muitos; que ‘reclamam da sombra, pois a sombra sombreia; logo gastaram as pontas dos seus dedos e a superfície do teclado para dizer que a ‘homofobia’ do jornalista é justificada pelo modo e contexto no qual foi usado o termo rola. Nessa lógica, Malafaia teria sofrido homofobia?

Anúncios

As entrelinhas do Dia do Orgulho Hétero

Não é apenas atacando o indivíduo que se resolve o problema; é preciso atacar a matriz que sustenta a existência dele no Estado Dia 21 de maio, o Diário Oficial do Estado de São Paulo publica na página 23 o Projeto de lei nº 820/2015, de autoria do deputado estadual do DEM pastor Cezinha Madureira,… Continue lendo As entrelinhas do Dia do Orgulho Hétero

O “estranho mundo” de um gay cristão

Como ponto de principal de suas obras, o artista Trygve Skogrand investiga a vergonha. E para isso, ele parte da sua própria história: ser um gay cristão. O artista acredita que todos nós temos uma vergonha particular e íntima,  como exemplo a “idade, o peso, problemas psicológicos, ser pobre, desempregado ou imigrante”. No caso dele… Continue lendo O “estranho mundo” de um gay cristão