Vinte e quatro horas de Rio de Janeiro. A cidade quase maravilhosa

A ida ao Rio de Janeiro, conhecida como o “cartão postal do Brasil”, foi de repente. Nunca antes havia pisado nas areias de Copacabana, Ipanema, ou nos calçadões da Cinelândia. E lá estava eu, na cidade que já foi capital do País, que já foi sede do império, e que até hoje vive a Família… Continue lendo Vinte e quatro horas de Rio de Janeiro. A cidade quase maravilhosa

Anúncios